Página Inicial / Transparência / A Funpresp / Conselho Fiscal

Conselho Fiscal

O Conselho Fiscal da Funpresp foi nomeado pelo Presidente da República por meio de Decreto Presidencial de 17 de setembro de 2019, publicado em 18 de setembro de 2019.

Clique aqui para ver os currículos resumidos dos membros do Conselho Fiscal.

Conselheiros representantes dos Patrocinadores

Titular: Humberto Durães Versiani
Suplente: Cristiano Rocha Heckert

Titular: Leandro de Lima Galvão
Suplente: VAGO

Conselheiros representantes dos Participantes

Titular e Presidente: Luz Milena Zéa Fernandez
Suplente: Danilo Barbosa Mendonça

Titular: Luís Ronaldo Martins Angoti
Suplente: Mário Pereira de Pinho Filho

Calendário de reuniões do Conselho Fiscal - 2019

MÊS REUNIÃO ORDINÁRIA DIA/HORA PAUTAS
Janeiro 66ª 28 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Fevereiro 67ª 18 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Março 68ª 25 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Abril 69ª 29 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Maio 70ª 27 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Junho 71ª 24 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Julho 72ª 22 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Agosto 73ª 26 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Setembro 74ª 30 - 9h Clique para ler a pauta da reunião
Outubro 75ª 25 - 8h Clique para ler a pauta da reunião
Novembro 76ª 25 - 9h
Dezembro 77ª 16 - 9h

Observação: as reuniões do Conselho Fiscal serão realizadas na Funpresp-Exe, na última segunda-feira de cada mês com início às 9h, salvo com alteração prévia.

São atribuições do Conselho Fiscal :

I – examinar as demonstrações contábeis mensais da Funpresp-Exe;

II – examinar e emitir parecer sobre as demonstrações contábeis, atuariais, financeiras e de benefícios anuais da Funpresp-Exe e sobre as contas da Diretoria-Executiva;

III – lavrar as atas e reduzir a termo os resultados dos exames procedidos;

IV – acompanhar a aplicação e assegurar o cumprimento do Código de Ética e de Conduta aplicável aos dirigentes e aos empregados da Funpresp-Exe;

V – informar o Conselho Deliberativo sobre as eventuais irregularidades apuradas, recomendando, se cabível, medidas saneadoras; e

VI – emitir, semestralmente, relatório de controle interno.