Os participantes têm observado um maior tempo para a disponibilização dos valores cotizados no extrato da reserva individual. Isso está ocorrendo devido à implantação dos Perfis de Investimentos. Por isso, foi acrescentado texto explicativo que informa que o processo de cotização poderá levar mais tempo justamente por conta da implantação dos Perfis, mas as contribuições são rentabilizadas a partir do dia da entrada do recurso na Fundação.

Consta, ainda, a informação sobre o último mês ao qual se referem as contribuições recolhidas e que as seguintes ainda estão em processamento pela Funpresp. Atualmente, as cotas estão liberadas até o dia 20 de abril. O participante pode conferir as novas informações ao final da página do extrato, disponível na Sala do Participante.

É importante ressaltar que, pela Resolução CNPC nº 32/2019, que dispõe sobre a divulgação de informações aos participantes, os dados contidos no extrato devem se referir ao mês anterior ao da disponibilização da informação, ressalvada a impossibilidade operacional e circunstancial.

Confira: Entenda a cotização de suas contribuições dentro dos Perfis de Investimentos

Saiba mais – Quer entender melhor como funciona a cotização na Funpresp? Confira o episódio sobre o tema da nossa série #AjudaAí. Lá, simplificamos e explicamos o processo passo-a-passo.