Seminário


Brasília, 16/11/2016 – Com o objetivo de construir o modelo mais adequado de perfis de investimentos para seus participantes, a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp-Exe) reuniu opiniões e experiências de diferentes atores do mercado de previdência complementar durante o “Seminário Perfis de Investimentos”. O evento foi realizado no Hotel St. Paul Plaza, em Brasília, na última quinta-feira (10/11).

Mais de cem pessoas, entre consultores, reguladores, representantes de fundos de pensão, instituições financeiras e Universidades convidadas participaram do encontro e tiveram a oportunidade de ouvir diferentes aspectos relativos à implantação de opções de perfis de investimentos para os participantes. Dentre os convidados, estavam representantes da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), da Associação Brasileira das de entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), do Ministério da Fazenda, e entidades de fechadas de previdência complementar, grupo de pesquisa em economia comportamental, gestores de fundos de investimentos das entidades que participaram da pesquisa para a elaboração do benchmarking.

As apresentações dos palestrantes do evento bem como a publicação – Panorama dos Perfis de Investimentos das Entidades Fechadas de Previdência Complementar – podem ser encontradas neste link. A publicação “Panorama”, lançada no dia do evento, é fruto de benchmarking realizado pela Fundação com 20 entidades fechadas de previdência que oferecem opções de perfis de investimentos aos seus participantes.

“O seminário fez parte de um processo de implantação dos perfis. Nós fizemos o seminário, lançamos uma pesquisa de benchmarking com outras entidades e agora queremos fazer uma contratação para modelar e, na sequência, implementar os perfis de investimentos para os nossos participantes”, avaliou o diretor-presidente da Funpresp-Exe, Ricardo Pena.

O grande destaque de evento foi a palestra Renée Wilder Guerin, diretora de planejamento do maior fundo de pensão de contribuição definida do mundo, o norte-americano Thrift Savings Plan (TSP), que conta com 4,9 milhões de participantes, US$ 480 bilhões de reservas, com taxa de adesão de 90% (depois da adesão automática a partir de 2010) e que já oferece perfis de investimentos desde 1987.