fbpx

Em 29 de julho, a Funpresp encaminhou o Relatório de Gestão de 2019 para prestação de contas anual ao Tribunal de Contas da União (TCU). O objetivo é apresentar os resultados alcançados frente aos alvos estabelecidos e fornecer informações ao órgão e à sociedade relativas ao exercício de 2019, destacando as principais atividades da gestão.

O documento tem referência no Relatório Anual de Informações de 2019 da Funpresp e segue orientações do próprio TCU, apresentando pontos como mapa estratégico da Fundação, gestão de riscos e controles, gestão de pessoas e TI, qualificação, processos de governança e resultados da gestão orçamentária, dos investimentos, atuarial e administrativas do ano.

Outros itens relevantes correspondem à mensagem da Diretoria Executiva, que explica o contexto e os destaques de 2019, e à seção relativa ao relacionamento com participantes, patrocinadores e sociedade.

No ano passado, a Fundação apresentou uma rentabilidade de 11,15%, atingindo o patrimônio de R$ 2,42 bilhões. No mesmo período, mais de 19 mil servidores aderiram aos planos da Funpresp e a Entidade alcançou os 92.399 participantes. O crescimento e a eficiência na gestão possibilitaram a redução de taxa de carregamento regressiva para um mínimo de 2,5%, além da devolução antecipada de R$ 20 milhões dos recursos adiantados pelos patrocinadores.