A Funpresp conta com nova estrutura organizacional a ser implementada neste mês de fevereiro. A proposta foi aprovada na reunião do Conselho Deliberativo realizada em 24 de janeiro. A mudança tem por objetivo tornar a Entidade ainda mais ágil e eficiente, aprimorando o direcionamento de suas ações ao participante. O novo modelo levou em consideração as necessidades do mercado e o potencial de crescimento da Entidade.

Após 7 anos de criação da Funpresp, com aumento significativo no número de participantes, alcance de R$ 2,5 bilhões em patrimônio e diversas mudanças no cenário atual, como a reforma da previdência, a PEC que autoriza a abertura do prazo de migração e um mercado cada vez mais competitivo, a Fundação precisa se adaptar à nova realidade. “A nova estrutura organizacional foi definida com esse propósito, adequar e guiar os novos rumos da Entidade para a década”, complementa o diretor-presidente, Ricardo Pena.

Dentre as principais mudanças trazidas com a nova estrutura, destacam-se: o fortalecimento das áreas de governança e gestão de riscos; a criação da Ouvidoria, que atualmente é atendida pela Gerência de Comunicação e Relacionamento; o desenvolvimento da área de inovação, visando a oferta de novos produtos aos participantes; a redistribuição das atividades entre as áreas para otimizar as demandas; e o desenvolvimento de uma área comercial com vistas a atender melhor o participante.