A carteira consolidada de investimentos da Funpresp com R$ 2,84 bilhões encerrou o mês de maio com rentabilidade positiva de 0,98%, superando o índice de referência para o mês, que foi de -0,12% (IPCA + 4%a.a.). Com isso, já é o segundo mês consecutivo que a Entidade obtém resultado positivo, seguindo o caminho de recuperação dos investimentos após o agravamento dos impactos do novo coronavírus na economia mundial.

No mês, as duas carteiras da Fundação – Preservação e Performance – apresentaram resultados favoráveis, de 0,19% e 3,17%, respectivamente. A Carteira Preservação é mais aderente ao índice de referência dos planos de benefícios administrados pela Funpresp. Já a Carteira Performance possui como objetivo obter um ganho acima da Carteira Preservação e, portanto, possui maior exposição a riscos de mercado.

No acumulado do ano até maio, o rendimento da Entidade ainda está negativo em 1,64%, mas a recuperação já apresenta uma tendência constante. A título de comparação, a Bovespa teve queda de 24,42% e os títulos públicos recuaram 5,92% de janeiro a maio deste ano.

Histórico – Nos últimos 12 meses, o desempenho da Funpresp foi positivo em 4,76%. Com performance consistente, a carteira consolidada de investimentos registra uma rentabilidade de 110,82%, desde seu início, em 2013. O índice de referência para o período foi de 93,72%.