fbpx

Fale Conosco      Perguntas Frequentes    0800 282 6794

Não foi preciso esperar o fim de 2020 para saber que este seria um ano que lembraremos para o resto de nossas vidas e que entrou para a história da humanidade: o ano que a epidemia do novo coronavírus parou o mundo.

A crise sanitária provocou mortes, retração nas economias de todos os países, alterou a forma como encaramos o mundo. Mas, mesmo num cenário tão pessimista e desolador, soubemos nos reinventar e seguir nossos caminhos. Inclusive na Funpresp.

Em 2020, atingimos, pelo menos, dois marcos na curta história da Fundação: em julho, superamos a cifra de R$ 3 bilhões em patrimônio administrado, e em dezembro, alcançamos o número de 100 mil adesões aos planos ExecPrev e LegisPrev. “Acreditamos que conseguimos provar para o servidor público que a Funpresp é confiável e que promovemos mudança na cultura previdenciária. O servidor começa a ser protagonista com relação a sua aposentadoria”, afirma o diretor-presidente da Funpresp, Ricardo Pena.

Novidades

Este ano também foi marcado por várias novidades em benefício dos participantes. Logo no 1º dia de 2020, implantamos os Perfis de Investimentos, um modelo que permite ao participante escolher como os recursos da sua reserva previdenciária serão investidos. Com isso, a ideia é tornar o participante cada vez mais “dono” do seu próprio futuro e engajá-lo nas gestão da sua previdência.

Também foram aprovadas alterações no empréstimo para os participantes, como redução da carência (de 12 para seis contribuições), o montante mínimo necessário em reserva para contratação do consignado (de R$ 7 mil para R$ 4 mil) e aumento do prazo para pagamento, de 60 para 72 meses. Alteramos, ainda, a tabela usada para amortização dos juros das parcelas, da SAC para a Price.

Reduzimos a taxa de carregamento, a única cobrada pela Fundação, de maneira escalonada, já a partir do segundo ano de filiação. Assim, quem entra na Funpresp paga uma taxa de 7% no primeiro ano de adesão, mas esse percentual cai para 6,25% a partir do segundo ano, até atingir 2,5% no sétimo ano.

Promovemos, com participação de representantes dos participantes e dos patrocinadores, melhorias nos regulamentos dos planos, de modo a preservar os níveis de benefícios oferecidos pelos planos, que sofreram alterações após a aprovação da Reforma da Previdência (Emenda Constitucional nº 103/2019). A proposta ainda guarda aprovação do órgão regulador, Previc. Os ajustes nos documentos também contemplam sugestões dos próprios participantes, como a possibilidade de acesso à toda a reserva individual constituída pelo participante quando ele se aposentar ou a suspensão das contribuições por até 36 meses do participante que pedir licença sem remuneração do serviço público.

Lançamos também o Plano de Integridade. O documento consolida uma série de ações, medidas, campanhas educacionais e de capacitação envolvendo os temas integridade, ética e conduta. Em 2020, também iniciamos a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e aprovamos, de forma inédita, a Política de Gestão dos Investimentos, que reúne todas as normas que norteiam a aplicação de recursos na Funpresp.

Neste ano, fomos obrigados a nos reinventar de inúmeras formas, mas nosso trabalho não parou. Adotamos o home office, digitalizamos processos, diversificamos os investimentos, mantivemos os participantes informados e, com o mesmo engajamento e empenho de sempre, preparamos mais novidades para 2021.