O índice de referência dos planos de benefícios, que corresponde ao IPCA+ 4% ao ano, foi de 7,90% em 2018

A rentabilidade da carteira consolidada de investimentos fechou o ano de 2018 com alta de 10,38% e, com isso, superou o índice de referência para o período, que foi de 7,90%. Esse foi o terceiro ano consecutivo de superação do referido índice, e o quinto de rentabilidades acima de 10%.

No mesmo período, a poupança apresentou uma valorização de 4,62%, a previdência privada tipo PGBL, 7,19%, e os títulos públicos federais, 10,03%. Esses são investimentos com o mesmo perfil de risco adotado pela Funpresp-Exe no processo de investimento das contribuições dos participantes.

Desde a criação da Funpresp-Exe, a valorização dos investimentos dos nossos participantes foi da ordem de 91,17%, bem acima da inflação no período, 39,84%, e do índice de referência, 76,01%. Superou também o desempenho da poupança (46,99%), da previdência privada PGBL (66,85%), dos títulos públicos federais (82,55%) e, inclusive, da bolsa (52,55%).

“A consistência na obtenção de resultados acima do índice de referência e de ganhos reais indica que estamos na direção certa com relação aos investimentos dos recursos garantidores dos planos que administramos”, disse o diretor de Investimentos, Tiago Dahdah.

Ano passado, a Funpresp somou patrimônio de R$ 1,36 bilhão e alcançou seu ponto de equilíbrio entre despesas e receitas cinco anos antes do previsto. Confira os dados completos nos gráficos abaixo: