Aporte inicial foi necessário para o início das operações da Entidade, em 2013

A Funpresp vai devolver, em 2019, aproximadamente R$ 20 milhões aos patrocinadores dos poderes Executivo e Legislativo Federal. O valor é três vezes maior que os R$ 6,2 milhões previstos inicialmente. A devolução respeita os termos de compromisso (devolver mensalmente 1% da receita de contribuição após o break-even-point) assinados entre a Funpresp e os patrocinadores, que realizaram, em 2013, aportes de R$ 73,8 milhões para o início das atividades da Fundação. O valor extra é uma antecipação do pagamento dos valores que a Funpresp deve aos patrocinadores.

O diretor-presidente da Entidade, Ricardo Pena, explica que “a gestão e a governança responsável, o controle das despesas, aliado às receitas administrativas superiores ao esperado, permitiram à Funpresp realizar as devoluções à União antes do previsto. Somos uma Fundação com mais de 89 mil participantes e patrimônio financeiro de R$ 2,12 bilhões”, disse. A escala e suas decisões de investimentos também foram fatores que permitiram a antecipação, inicialmente programada para 2023.

Participantes – Para os participantes, está prevista, a partir de abril de 2020, a 4ª redução da taxa de carregamento, o que vai representar maior volume de contribuições na conta individual de aposentadoria.