A Comissão de Ética da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo – Funpresp-Exe, para reafirmar os padrões de conduta ética e moral que devem ser seguidos por todos os seus colaboradores, bem como em face de notícias veiculadas na imprensa nacional no dia 01 de fevereiro de 2018, reforça que:

É dever de todos zelar pela preservação da imagem e do patrimônio da Fundação.

É dever de todos manter o sigilo e a confidencialidade das informações, documentos, fatos e negócios da Funpresp-Exe, ressalvadas as hipóteses de divulgação previstas em lei ou autorizadas pela autoridade competente.

É vedado manifestar-se, em nome ou por conta da Fundação, por qualquer meio de comunicação, sobre assuntos a ela relacionados, salvo se em razão de atribuição legal ou funcional, mandato ou delegação formal.

Os canais adequados para reclamações e denúncias são os meios oficiais de comunicação da Funpresp-Exe, inclusive a Comissão de Ética.

Todo e qualquer ato ou fato contrário ao interesse da Fundação de que o colaborador tenha conhecimento no ambiente de trabalho ou fora dele deve ser comunicado a seu superior hierárquico ou, subsidiariamente, à Comissão de Ética.

Comissão de Ética da Funpresp-Exe

09 de fevereiro de 2018