Os interessados devem enviar currículos até às 23h59min do dia 19 de agosto

A Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp) abre processo seletivo específico para a ocupação do cargo comissionado de gerente de Cadastro, da Diretoria de Seguridade.

O processo de seleção é estruturado por meio de análise curricular e avaliações individuais de competências, podendo ser aplicados testes de conhecimento técnico, personalidade e avaliação comportamental. O salário é de R$ 19.234,32.

Os interessados, que possuírem perfil compatível com o cargo, podem encaminhar o currículo no período de 06 a 19 de agosto de 2018 (domingo), às 23h59, para o e-mail gepes.pse@funpresp.com.br com o assunto “PSE GERENTE DE CADASTRO”.

Os candidatos devem observar:

Atribuições principais do cargo:

  • Gerenciar as atividades de cadastro dos patrocinadores, participantes, assistidos e beneficiários e zelar pela sua integridade e permanente atualização;
  • Gerenciar o processo de adesão e alterações cadastrais, bem como realizar estudos e projeções para subsidiar as ações da Diretoria Executiva.

O perfil do cargo requer:

  • Formação superior, preferencialmente em Estatística, Ciências Econômicas, Tecnologia da Informação ou Ciência de Dados;
  • Experiência profissional em cargos de nível gerencial.

É desejável:

  • Certificações reconhecidas pelo mercado ou listados na Portaria PREVIC nº 169, de 27 de fevereiro de 2018;
  • Curso de especialização, preferencialmente em uma das seguintes áreas: Previdência, Seguros, Seguridade Social, Gestão da Tecnologia da Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados ou Inteligência Artificial;
  • Curso EAD da ESAF: Funpresp – A previdência complementar do servidor público federal (disponível gratuitamente do site da ESAF).
  • Experiência em previdência complementar, sobretudo em atividades relacionadas ao cadastro;
  • Conhecimento técnico especializado em ferramentas de inteligência analíticas e preditivas para avaliação e aplicação de testes de coerência e consistência à base de dados, com intuito de melhorar a qualidade da informação, conhecer as características dos participantes, assistidos e beneficiários, bem como para identificar possíveis fraudes e/ou inconsistências cadastrais;
  • Habilidade de trabalhar com dados de fontes estruturadas e não estruturadas para cruzamento de informações;
  • Experiência em ferramentas de visualização e análise grande volume de dados – Big Data;
  • Habilidade para implementar soluções inovadoras.