Brasília, 30/08/2017 – Cerca de 50 servidores públicos participaram do III Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público realizado nesta quarta-feira (30/08) em Recife. Estiveram presentes profissionais da área de Gestão de Pessoas de diversos estados das regiões Norte e Nordeste. Eles puderam se atualizar em relação a procedimentos, regras do RPC e benefícios do plano ExecPrev.

Palestrante no workshop, o diretor-presidente da Funpresp, Ricardo Pena, destacou a importância dos profissionais de Recursos Humanos. “Eles são a porta de entrada do servidor público no universo da Previdência Complementar. É essencial que estejam capacitados para passar informações corretas aos servidores, de forma que façam uma escolha consciente para garantir segurança na aposentadoria”, afirmou.

Pena apresentou a Fundação, e falou sobre a governança e a segurança nos investimentos. Além dele, palestraram dois representantes do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) para falar sobre questões procedimentais e explicar a previdência do servidor público, que inclui o Regime Próprio (RPPS) e o Regime Complementar (RPC).

Por fim, o gerente de Atuária da Funpresp, Cícero Dias, deu detalhes sobre o plano de benefícios ExecPrev. Professor da Universidade Federal de Pernambuco, ele comentou as particularidades da carreira. “Sei que muitos dos meus colegas professores ainda têm dúvidas sobre previdência e incertezas sobre o futuro. Mas uma coisa é certa: é preciso planejar. As regras mudaram e os servidores têm agora a aposentadoria limitada ao teto do INSS (R$ 5.531,31). Se quiserem manter o padrão de vida que têm na ativa, eles precisam de um plano”, explicou o atuário.

Voltado, principalmente, para representantes das áreas de Recursos Humanos dos patrocinadores, o workshop foi proposto a partir de uma demanda dos próprios órgãos que sinalizaram, em pesquisa realizada pela Funpresp, a necessidade de uma presença maior da Fundação na rotina do servidor.

Segundo o chefe do Serviço de Desenvolvimento Humano do Incra/BA, Diogo Maia, o encontro elucidou muitas questões referentes aos procedimentos de responsabilidade do RH. “São detalhes que, se esclarecidos, ajudam muito no nosso trabalho junto ao servidor. Eles buscam informações direto conosco, então temos que estar preparados para orientá-los”, disse.

Próximos encontros – O workshop segue agora para Belo Horizonte (13/09), Porto Alegre (21/09) e Brasília (27/09). A equipe da Funpresp já passou por São Paulo, Recife e Rio de Janeiro, onde lotou o auditório do CCBB. Mais de 200 pessoas já participaram do evento pelo país.

A inscrição para os próximos encontros é gratuita. Podem participar pró-reitores e diretores de Gestão de Pessoas de Instituições Federais de Ensino; gerentes e técnicos das áreas de Gestão de Pessoas dos órgãos setoriais e seccionais integrantes do SIPEC.

Os servidores públicos federais e participantes da Funpresp também podem comparecer no período da tarde, pois o turno da manhã será exclusivo para abordagem de assuntos operacionais das áreas de Recursos Humanos.

Clique aqui para conferir o calendário, a programação e para realizar a inscrição.