Brasília, 15/08/2017 – Servidores que disseram “sim” na quarta etapa da campanha de adesão eletrônica à Funpresp pelo Sigepe precisam optar pelo regime de tributação regressivo ou progressivo até o dia 31/08/2017. A campanha do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) bateu recorde de inscrições, com 863 novos participantes. Os servidores públicos garantiram mais segurança previdenciária por meio da ação realizada entre maio e julho.

A Fundação enviou e-mail aos servidores aderidos na última terça-feira (08/08) com orientações para que façam a opção pelo regime de tributação. Para escolher a tributação regressiva, eles deverão preencher, assinar e devolver o formulário anexo na mensagem ao e-mail gecom@funpresp.com.br. Caso não se manifeste dentro do prazo, o novo participante será incluído no plano com regime progressivo. Entenda os regimes de tributação aqui.

Benefícios – Aqueles que disseram “sim” no Sigepe contam com a contrapartida do patrocinador, que dobra o valor da contribuição para a conta individual do servidor. Há também o seguro para casos de morte e invalidez, além do benefício fiscal no Imposto de Renda.

A área da Educação foi destaque na campanha, com 63% das adesões. Já os órgãos com maior número de servidores inscritos foram Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Departamento de Polícia Federal e Ministério da Saúde.

A inscrição dos novos participantes foi processada em 1º de julho de 2017, com primeira contribuição direto na folha de pagamento do mês. Eles terão acesso à Sala do Participante, área de acesso restrito para acompanhamento do plano de benefícios, com emissão de extrato, rentabilidade das cotas e certificado de adesão digital. Também será enviado, mensalmente, por e-mail, o Informativo do Participante.

A Funpresp já conta com mais de 3,8 mil participantes aderidos de forma eletrônica, uma maneira simples e descomplicada de garantir o plano de previdência complementar. Na última etapa, ao acessar o Sigepe entre 22/05/2017 e 10/07/2017, o servidor visualizava uma mensagem exibida em pop-up. Quem optou por não aderir ao ExecPrev pelo Sigepe pode se inscrever futuramente e a qualquer momento por meio de formulário.