Brasília, 11/07/2017 – A Funpresp realizou consulta pública do edital de concorrência que vai escolher a empresa responsável por colaborar com a elaboração do manual técnico de implementação de perfis de investimentos. Com objetivo de aprimorar os requisitos de habilitação, qualificação e demais parâmetros antes que o edital seja efetivamente publicado, a consulta ficou aberta até o dia 3 de julho de 2017.

A medida busca as melhores práticas de transparência, de forma a atender a legislação federal sobre licitação e contratos administrativos (nos termos do inciso I do Art. 8º da Lei 12.618/2012).

Pesquisa com participante – A Fundação, por meio da consultoria InBehavior Lab (IBL), está conduzindo um estudo com o objetivo de conhecer a preferência dos participantes. A finalidade é avaliar a introdução de novas operações, como, por exemplo, a oferta de perfis de investimentos.

Nos próximos dias, a Fundação enviará um e-mail com um link para que os participantes possam responder a pesquisa. O questionário tem duração média de 15 minutos e pode ser respondido pelo computador, smartphone ou tablet.

Perfis

Perfis de investimentos – A Fundação está em processo de construção do modelo mais adequado de perfis de investimentos para os participantes, com o acompanhamento de uma consultoria de economia comportamental, que já está trazendo benefícios para o projeto.

Em 2016, foi realizado um seminário que contou com a presença de consultores, reguladores, representantes de fundos de pensão e instituições financeiras para discussão a respeito do tema. Entre os participantes, estava Renée Guerin, diretora de planejamento do maior fundo de pensão de contribuição definida do mundo, o norte-americano Thrift Savings Plan (TSP).

Também foi elaborado pela Funpresp a publicação Panorama dos Perfis de Investimentos das Entidades Fechadas de Previdência Complementaracesse aqui.