fbpx

Fale Conosco      Perguntas Frequentes    0800 282 6794

Dentro das ações de comemorações do aniversário de 8 anos da Funpresp, produzimos um vídeo para você saber mais sobre nossas diretrizes

Com o objetivo de obter o melhor retorno para as contribuições feitas pelos participantes, a Funpresp tem à mão vários instrumentos. A mais importante é o conjunto de Políticas de Investimentos. Por isso, escolhemos falar sobre esse assunto durante as comemorações dos 8 anos da Funpresp. E, para que você conheça um pouco mais sobre este instrumento, produzimos um vídeo que está disponível aqui (ou você pode assistir ao final da matéria).

Nas Políticas de Investimentos, estão previstas diretrizes gerais para a aplicação dos recursos da Fundação, que hoje administra um patrimônio superior a R$ 3,7 bilhões. As políticas orientam a manutenção do equilíbrio entre ativos e passivos dos planos administrados, observando os princípios da segurança, rentabilidade, solvência, liquidez e transparência. É por meio de normativos como as Políticas de Investimentos que a Funpresp atua para conferir solidez e segurança às aplicações que vão compor os pagamentos de benefícios, pensões e aposentadorias de seus participantes.

Todos os investimentos feitos pela Fundação têm respaldo em leis e resoluções de autoridades financeiras, mas também seguem rígidas regras determinadas pela própria Entidade. Essas normas internas são constantemente atualizadas para garantir que acompanham as melhores práticas de segurança e performance dos investimentos.

As diretrizes para o período de 2021-2025 preveem um aumento da diversificação dos investimentos da Entidade, seguindo a prática iniciada em 2020 e que rendeu bons resultados para a Fundação (rentabilidade de 9,55% no ano, acima do índice de referência, de 8,7%), como explica o gerente de Operações Financeiras, Gilberto Tadeu Stanzione.

“Para 2021, nós temos a previsão de aumentar a exposição em ações no Brasil e no exterior, temos a previsão de começar investimentos no setor de fundos imobiliários. O principal eixo de diversificação da nossa carteira será no setor de crédito privado. Pretendemos aumentar as operações com participantes. É um investimento com uma rentabilidade muito boa e com baixo risco, já que as prestações são descontadas diretamente da folha de pagamento dos participantes”, destacou.

Elaboração – As Políticas de Investimentos são formuladas separadamente para cada um dos quatro perfis dos planos ExecPrev e LegisPrev e para o Plano de Gestão Administrativa. Elas possuem diretrizes para um período de cinco anos e são revistas anualmente. A Diretoria Executiva formula as políticas após consulta aos comitês de Investimentos e Riscos e de Assessoramento Técnico dos planos e, em seguida, apresenta-as ao Conselho Deliberativo, que as aprova.

As Políticas seguem os limites de aplicação autorizados pelo Conselho Monetário Nacional, que é o órgão superior do Sistema Financeiro Nacional, em diferentes ativos, como renda fixa, renda variável, empréstimos aos participantes, exterior e outros. Os documentos podem ser acessados, em versão resumida ou na íntegra, pelo menu Investimentos do site, e também por meio dos links a seguir:

Políticas de Investimentos plano ExecPrev – 2021-2025

Políticas de Investimentos plano LegisPrev – 2021-2025

Políticas de Investimentos Plano de Gestão Administrativa – 2021-2025

Confira também o vídeo sobre como são formuladas as Políticas de Investimentos: