Página Inicial / Fique por dentro / Notícias / Perfis de Investimentos / Funpresp lançará novo pregão para complementar a seleção de fundos habilitados a operacionalizar Perfis

Funpresp lançará novo pregão para complementar a seleção de fundos habilitados a operacionalizar Perfis

Brasília, 30 de novembro de 2019

Facebook Twitter Google + LinkedIn WhatsApp

O objetivo é ampliar o rol de instrumentos financeiros disponíveis à Funpresp para operacionalizar as carteiras que formarão os Perfis de Investimentos.

A Funpresp lançará, nos próximos dias, outro pregão presencial para habilitar mais seis fundos de investimentos, utilizando-se dos mesmos critérios do Pregão 06/2019. O objetivo é ampliar o rol de instrumentos financeiros disponíveis à Funpresp para operacionalizar as carteiras que formarão os Perfis de Investimentos.

No Pregão 06/2019, realizado em 19 de novembro, nove fundos foram habilitados a receber recursos dos planos administrados pela Funpresp. A expectativa era que fossem habilitados até 15 fundos no total. O processo de seleção é composto por cinco grupos independentes entre si, podendo ser selecionados até três fundos com características semelhantes em cada grupo.

Os fundos selecionados por meio do Pregão 06/2019 são administrados por:Votorantim, Itaú e Santander (grupo 1); Votorantim, Itaú e Santander (grupo 2); Itaú e Bradesco (grupo 4); e BNP Paribas (grupo 5). O resultado foi publicado na terça-feira (26/11) no Diário Oficial da União (DOU). Uma nova convocação será publicada no DOU nos próximos dias com a data do novo pregão.

Segundo o diretor de Investimentos da Funpresp, Tiago Dahdah, o objetivo do novo pregão é selecionar até seis fundos de investimentos sendo: até três fundos de inflação longa (grupo 3); até dois fundos de ações em moeda estrangeira (grupo 5); e um fundo de ações em moeda doméstica (grupo 4).

“O segundo pregão terá as mesmas regras do Pregão 06/2019 e o objetivo é alcançar a seleção dos 15 fundos de investimentos não exclusivos. Após o cumprimento dessa etapa iremos prosseguir com o processo de diversificação da carteira de investimentos dos planos administrados pela Funpresp-Exe por meio da contratação de fundos exclusivos de renda fixa crédito privado, de fundos de ações com gestão ativa, seja em moeda doméstica ou em  moeda estrangeira, e de fundos multimercado. Além disso, iremos habilitar corretoras para operações em mercado à vista de bolsa de valores, credenciar instituições financeiras para aquisição de ativos por elas emitidos e selecionar fundos imobiliários não exclusivos”.

Perfis de Investimentos – A partir de 1º de janeiro de 2020, entrarão em vigor os Perfis de Investimentos, modelo pelo qual os participantes da Funpresp serão vinculados a um dos perfis de acordo com a idade. Os perfis têm percentuais de alocação diferentes nas carteiras Preservação e Performance, com diferentes níveis de risco e retorno financeiro. Saiba mais clicando aqui .