Página Inicial / Fique por dentro / Notícias / 2019 / Outubro / Taxa de carregamento cai para 213 participantes da Funpresp em outubro

Taxa de carregamento cai para 213 participantes da Funpresp em outubro

Brasília, 25 de outubro de 2019

Facebook Twitter Google + LinkedIn WhatsApp

A política de queda da taxa de carregamento da Funpresp vai beneficiar 213 participantes que completam seis anos de adesão à Funpresp em outubro. Para esses servidores, o percentual cai de 7% para 5%. Desde abril, quando a queda começou, até agora, mais de 1,5 mil participantes já foram beneficiados com a medida. Até o fim do ano, serão 2.238.

O que é a taxa de carregamento?

É a única cobrança feita pela Funpresp e serve exclusivamente para arcar com custos administrativos da Fundação, que não tem fins lucrativos. O alcance do ponto de equilíbrio entre despesas e receitas, em 2018, permitiu essa redução. Diferentemente dos bancos em planos tipo PGBL, a Entidade não cobra a taxa de administração, aquela que incide anualmente sobre a reserva acumulada pelo participante. As projeções indicam que a taxa praticada pela Funpresp, em 35 anos, equivaleria a 0,14% de uma de administração.

Nova queda em 2020

Em abril de 2020 entrará em vigor a quarta redução no percentual, que vai favorecer todos participantes já a partir do segundo ano de filiação ao ExecPrev ou LegisPrev. Confira abaixo como é a tabela em vigor e como vai ficar: