Os interessados devem enviar currículos até às 23h59min do dia 17 de agosto

A Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp) abre processo seletivo específico para a ocupação dos cargos comissionados de gerente de Tecnologia e Informação, gerente de Gestão de Pessoas e coordenador de Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas. Os cargos compõem a Diretoria de Administração da Entidade.

O processo de seleção é estruturado por meio de análise curricular e avaliações individuais de competências, podendo ser aplicados testes de conhecimento técnico, personalidade e avaliação comportamental.

Os interessados, que possuírem perfil compatível com o cargo, podem encaminhar o currículo no período de 09 a 17 de agosto de 2018 (sexta-feira), às 23h59, para o e-mail gepes.pse@funpresp.com.br, com o cargo a que concorre na linha de assunto do e-mail.

Confira abaixo o que os candidatos devem observar para cada cargo:

Processo Seletivo Específico – Gerente de Tecnologia e Informação – Salário R$ 19.234,32.

  1. Trata-se de solicitação de contratação de profissional para ocupar cargo comissionado de Gerente de Tecnologia e Informação com a atribuição principal de gerenciar o provimento de serviços de Tecnologia e Informação, mediante adoção de melhores práticas de governança; propiciar o uso adequado das tecnologias existentes; orientar as atividades de desenvolvimento e implantação de sistemas; e estruturar e manter atualizados os recursos de infraestrutura em TI e telecomunicações. O salário é de R$ 19.234,32.
  2. Atividades Relacionadas:

2.1. Gerir a área de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, compreendendo seus serviços, projetos, contratos, processos e pessoas, visando à sustentação e continuidade do negócio;

2.2. Planejar, monitorar e supervisionar as estratégias, projetos e ações de TIC, de acordo com o planejamento estratégico da Fundação e com as necessidades das áreas usuárias;

2.3. Elaborar e monitorar o orçamento de TIC;

2.4. Gerir o atendimento de demandas das áreas usuárias no que tange aos serviços, projetos e ações de TIC;

2.5. Propor, implantar e supervisionar ações relativas à segurança da informação, compartilhamento de tecnologia e informação, práticas de governança de TIC e integridade, integração e interoperabilidade de dados, informações e sistemas de TIC;

2.6. Planejar, coordenar e executar os processos de aquisição e contratação de serviços e ativos de TIC;

2.7. Normatizar os processos relacionados à tecnologia da informação.

  1. O perfil do cargo requer:

3.1. Formação superior e/ou especialização em Tecnologia da Informação;

3.2. Experiência mínima de 05 (cinco) anos em cargos de gestão e coordenação de equipes, com atuação na área Tecnologia da Informação;

3.3. Conhecimento em aquisição e contratação de serviços e ativos – IN-4/2014-SLTI/MPOG;

3.4. Conhecimento em gestão de projetos;

3.5. Domínio no serviços de tecnologia da informação.

  1. É desejável:

4.1. Certificação COBIT/ITIL;

4.2. Conhecer a legislação de Previdência Complementar;

4.3. Inglês

Processo Seletivo Específico – Coordenador de Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas – Salário R$ 13.738,80

  1. Trata-se de solicitação de contratação de profissional para ocupar cargo/empregado comissionado de Coordenador de Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas – CODEP, para execução das atividades a seguir relacionadas:

1.1. Planejar, organizar e supervisionar a realização de concurso público e processo seletivo externo, conforme aprovado pelos Órgãos Colegiados;

1.2. Recrutar e selecionar empregados, estagiários e cedidos;

1.3. Administrar o Plano de Carreira e Cargos da Funpresp-Exe;

1.4. Realizar o Levantamento e a análise das Necessidades de Capacitação – LNC e desenvolvimento profissional;

1.5. Elaborar o Plano Anual de Capacitação (PAC) e implementar as ações de treinamento e desenvolvimento dos empregados;

1.6. Conhecimento de gestão por competências

1.7. Controlar e acompanhar a execução das atividades decorrentes de programas de estágio supervisionado na Funpresp-Exe;

1.8. Conhecimento de avaliação de desempenho individual e institucional;

1.9. Promover acordos e parcerias com instituições de ensino, escolas de governo, órgãos de formação profissional e demais instituições congêneres, com vistas a implementar programas e ações de capacitação;

1.10. Promover ações relacionadas ao clima organizacional e de integração e relacionamento interpessoal dos empregados da Fundação.

1.11. Gerir Programa de Controle Médico de Saúde Médico Ocupacional – PCMSO e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA

1.12. Gerir Programa de Qualidade de Vida no Trabalho – PQVT.

  1. O perfil do cargo requer:

2.1. Formação superior e/ou especialização na área de gestão de pessoas;

2.2. Experiência mínima de 03 anos nas áreas de atuação da coordenação (recrutamento e seleção, avaliação de desempenho, ações de treinamento e desenvolvimento, clima e qualidade de vida) e em gestão de equipes;

2.3. Dinamismo e capacidade executiva/operacional;

  1. É desejável:

3.1. Certificação Instituto de Certificação Institucional e dos Profissionais de Seguridade Social ICSS – Administradores em Geral;

3.2. Conhecer a legislação de Previdência Complementar;

3.3. Conhecer a aplicação de testes de personalidade;

3.4. Experiência em Coaching e liderança.

Processo Seletivo Específico – Gerente de Gestão de Pessoas- Salário R$ 19.234,32.

  1. Trata-se de solicitação de contratação de profissional para ocupar cargo comissionado de Gerente de Gestão de Pessoas, para execução das atividades a seguir relacionadas:

1.1. Instituir políticas de gestão de pessoas, de acordo com as diretrizes aprovadas;

1.2. Gerenciar as atividades de Gestão de Pessoas relacionadas aos programas de recrutamento, seleção, integração, treinamento e desenvolvimento, clima organizacional, qualidade de vida dos empregados e segurança do trabalho;

1.3. Administrar o Plano de Cargos e de Remunerações e o Plano de Benefícios trabalhistas dos empregados;

1.4. Gerir a folha de pagamento e de benefícios trabalhistas;

1.5. Gerenciar as relações de trabalho e sindicais;

1.6. Normatizar os processos relacionados à gestão de pessoas;

  1. O perfil do cargo requer:

2.1. Formação superior e/ou especialização em Gestão de Pessoas;

2.2. Experiência mínima de 05 (cinco) anos em cargos de gestão e coordenação de equipes, com atuação na área de Gestão de Pessoas;

2.3. Experiência em relações trabalhistas e sindicais;

2.4. Conhecimento da nova legislação trabalhista (CLT);

2.5. Conhecimento da Lei nº 8.112/90.

  1. É desejável:

3.1. Certificação Instituto de Certificação Institucional e dos Profissionais de Seguridade Social ICSS – Administradores em Geral;

3.2. Conhecer a legislação de Previdência Complementar.