fbpx
Workshop capacita cerca de 400 servidores públicos pelo País

Brasília, 28/09/2017 – O 3º Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público Federal encerrou-se na última quarta-feira (27/09), tendo reunido cerca de 400 pessoas de diversos estados brasileiros. Realizado pela Funpresp e pelo Ministério do Planejamento, o evento passou pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília. A temporada foi finalizada na capital federal, no auditório da Fundação, com a presença de 96 servidores federais.

Com objetivo de levar educação previdenciária para todas as regiões do país, o workshop esclareceu questões referentes à previdência complementar do servidor federal e deu detalhes do plano ExecPrev e dos benefícios aos quais os servidores têm direito. “O principal público do workshop é composto por profissionais de Recursos Humanos dos órgãos. São eles que costumam esclarecer as dúvidas dos servidores sobre previdência. Então vimos a necessidade de capacitá-los nos mais diversos estados brasileiros para que todos tenham acesso à informação adequada”, explica o diretor-presidente da Fundação, Ricardo Pena.

O diretor de Recursos Humanos da Câmara dos Deputados, Milton Pereira, participou da etapa de Brasília do workshop. “Acho que o número de pessoas da Câmara que está aqui hoje fala por si. Nós temos mais de 10 pessoas da equipe participando desse evento, o que reforça a importância que damos ao tema”, comenta Pereira. “A Câmara tem buscado a aproximação com a Funpresp, tem participado dos workshops, que consideramos muito importantes, muito produtivos, porque trazem um ambiente de discussão, possibilitam uma consolidação do entendimento da legislação”, emenda.

Também participou do evento na capital federal o diretor de Remuneração e Benefícios do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Erasmo Sampaio. Para ele, o workshop veio em um boa hora. “Temos percebido uma participação bastante relevante por parte do servidor, mostrando um interesse muito grande nesse assunto, que talvez seja o principal assunto do momento”, comenta Sampaio. “A criação da Funpresp ainda é recente, ainda existe muita dúvida e o papel do gestor de RH se torna relevante no momento em que há necessidade de explicar para o servidor todo esse contexto, todo esse cenário e toda uma prospecção futura para a vida do servidor quando ele decidir se aposentar”, emenda o diretor.

Os encontros do 3º Workshop de Previdência Complementar do Servidor Público Federal foram divididos em quatro painéis. As palestras envolviam temas como pontos de interesse da área de RH sobre o RPPS e migração de regime, rotinas operacionais do SIAPE, bem como detalhes relativos à Previdência Complementar do Servidor Público Federal, à Funpresp e aos planos de benefícios da Fundação.

Confira como foi o workshop no Rio de Janeiro

Confira como foi o workshop em Recife