Brasília, 08/09/2017 – Mais de 30 procuradores da Fazenda Nacional participaram de palestra sobre Previdência Complementar do Servidor Público esta semana. Na oportunidade, os servidores puderam elucidar dúvidas sobre governança, rentabilidade, aplicação dos recursos, custo de administração e planos de benefícios da Funpresp.

O diretor-presidente da Funpresp, Ricardo Pena, destacou a relevância deste bate-papo com os profissionais da área jurídica. “Todos se mostraram muito interessados com as questões que envolvem a migração para o Regime de Previdência Complementar, então é bastante oportuno responder as perguntas, explicar o plano e oferecer a Funpresp como solução de previdência para esses servidores”, afirmou.

Para a procuradora-geral da Fazenda Nacional, Amanda Geracy, foi um momento importante para ponderar as vantagens e os riscos da adesão. “Eu percebi que a gente pode acompanhar a sua contribuição individual, além de poder se prevenir com seguros, principalmente o de pensão por morte ou invalidez”, avaliou Amanda.