Brasília, 23/02/2017 – O acesso ao demonstrativo para fins de Imposto de Renda de contribuições realizada via boleto à Funpresp será mais simples neste ano. A Fundação enviará o documento por e-mail aos participantes até o fim deste mês. Com isso, os servidores poderão comprovar aportes à previdência complementar e aproveitar o benefício fiscal ao qual têm direito na declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2017.

Os demonstrativos seriam enviados pelos Correios, porém, o procedimento foi alterado para agilizar e modernizar o processo. O período para declaração do IRPF 2017, referente aos ganhos de 2016, começa no dia 2 de março e termina em 28 de abril de 2017.

Receberão o informe de rendimento da Funpresp, os participantes que fizeram contribuição extraordinária ao longo do ano, via boleto; e os participantes autopatrocinados. A Funpresp destaca que o comprovante das contribuições regulares, feitas via contracheque, será emitido pelo próprio órgão patrocinador do plano de benefícios.

Contribuições facultativas – Em dezembro do ano passado, como resultado da ação de divulgação do benefício fiscal de dedução de até 20,5% (sendo 8,5% referentes às contribuições mensais feitas no contracheque e 12% relacionados a contribuições facultativas) dos rendimentos tributáveis no Imposto de Renda, foram aportados mais de R$ 1,1 milhão para a Fundação em aportes extraordinários, com solicitações individuais de até R$ 80 mil. Quem fez esse tipo de contribuição receberá o demonstrativo via Correios.

O percentual da dedução depende da remuneração bruta do participante e do tipo de vínculo com a Fundação: Ativo Normal, Ativo Alternativo ou Autopatrocinado. O benefício fiscal de até 20,5% dos rendimentos tributáveis é exclusivo para os servidores com plano de previdência complementar da Funpresp.