Brasília, 23/03/2017 – Após três dias de pleito e participação de 2.328 votantes, a chapa 2, “Solidez, Transparência e Atitude”, foi a vencedora das eleições para os conselhos Fiscal e Deliberativo da Funpresp, com 61,38% dos 2.209 votos válidos. As chapas 3, “Legislativo Forte” e 4, “Gestão Transparente”, que concorriam para os comitês de assessoramento técnico dos planos LegisPrev e ExecPrev, respectivamente, também foram eleitas. A chapa do Legislativo teve 42 votos e a do Executivo, 1.924.

A posse dos eleitos está prevista para o dia 1° de junho deste ano. No Conselho Deliberativo, será reconduzido ao cargo o servidor da Advocacia-Geral da União Daniel Pulino, como titular, e empossado o servidor Ivan Jorge Bechara Filho, também da AGU, como suplente. No Conselho Fiscal, tomará posse como titular a professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Luz Milena Zea Fernández, e como suplente o servidor do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Danilo Barbosa Mendonça.

No Comitê de Assessoramento Técnico do ExecPrev, serão reconduzidos aos postos o servidor do Banco Central Victor Pessanha Gonçalves (titular) e o servidor do Ministério da Fazenda Leandro de Oliveira Vicente (suplente). O comitê contará ainda com dois novos membros: os servidores da Fazenda Eric Lisboa Coda Dias (titular) e Marcos Gesteira Costa (suplente).

Já no Comitê de Assessoramento Técnico do LegisPrev, três dos atuais membros serão reconduzidos: os servidores da Câmara dos Deputados Rodrigo de Andrade Moreira (titular) e Renon Pessoa Fonseca (suplente), e ainda o servidor do Senado Federal Wagner Costa Guimarães (titular). Também será empossado no colegiado o servidor da Câmara Breno Santos Borba, como suplente.

O resultado das eleições foi proclamado pela Comissão Eleitoral na noite de 23 de março, na sede da Funpresp, pouco depois do encerramento da votação. A urna eletrônica foi fechada às 18h e os votos apurados em seguida. O processo foi acompanhado por auditores independentes, representantes das chapas e colaboradores da Fundação.

Processo eleitoral – As Eleições Funpresp 2017 contaram com duas votações, uma vez que o número de votantes do primeiro escrutínio, realizado entre 13 e 15 de março, foi de 2.064 eleitores – inferior ao quórum mínimo de 3.019 participantes. Todos os votos registrados no primeiro turno eleitoral foram descartados, sem apuração, e novo período de votação proclamado – este sem quórum, conforme o artigo 29 do Regulamento Eleitoral. No segundo turno, 2.328 participantes e assistidos registraram seus votos.