Brasília, 19/12/2016 – Nesta segunda-feira (19/12), os candidatos aos 12 cargos eletivos dos órgãos colegiados da Funpresp deram início à suas campanhas eleitorais. As propostas, mini currículos e programas dos candidatos e suas respectivas chapas foram publicados no site da Fundação. Acesse aqui. O período de divulgação segue até 12 de março, às vésperas do início da votação, prevista para ocorrer de 13 a 15 de março do próximo ano.

Nesta segunda eleição direta da Entidade, concorrerão aos postos nos conselhos Deliberativo e Fiscal a chapa 1 , “Proteção ao Servidor”, e a chapa 2, “Solidez, Transparência e Atitude”. Já o Comitê de Assessoramento Técnico do LegisPrev, a chapa 3, “Legislativo Forte”, irá participar como chapa única. O Comitê de Assessoramento Técnico do ExecPrev também contará com chapa única, a chapa 4, “Gestão Transparente”. Todos os candidatos foram considerados aptos a concorrer ao pleito pela Comissão Eleitoral, uma vez que não foram apresentados pedidos de impugnação.

Apenas a chapa “Legislativo Forte” ainda não enviou sua proposta até o prazo para veiculação no portal da Funpresp. Assim que a Fundação receber, será publicada no site.

Próximos passos – O cronograma eleitoral prevê a realização de dois debates entre as chapas, um em fevereiro e outro em março de 2017, desde que haja concordância dos candidatos. No início de março, dias 9 e 10, acontecerá também a convocação dos potenciais eleitores para o pleito. Na ocasião, a Comissão Eleitoral irá comunicar os procedimentos relativos à votação. Para esta eleição, o quórum mínimo de votantes será de 3.019 participantes e assistidos – 10% do total apto a votar (30.189), de acordo com o cadastro da Entidade. Caso o quórum não seja alcançado, a Comissão determinará a eliminação dos votos e a abertura de nova votação, dessa vez sem número mínimo de votantes.

Os participantes e assistidos da Entidade terão a oportunidade de escolher 12 novos representantes para os órgãos colegiados da Funpresp. Estão em disputa um cargo para o Conselho Deliberativo – órgão máximo da Fundação –, um para o Conselho Fiscal, dois para o Comitê de Assessoramento Técnico ExecPrev e dois para o Comitê de Assessoramento Técnico LegisPrev, além dos respectivos suplentes. Parte dos representantes dos patrocinadores também será renovada, mas por indicação dos órgãos. A posse dos eleitos prevista para 1° de junho do próximo ano.

Conheça as chapas:

Conselho Deliberativo e Fiscal:

Chapa 1 “Proteção ao Servidor” Marcelo Levy Perrucci (CGU) – Titular/Conselho Deliberativo – Eleição para outro colegiado Wellington Gontijo do Amaral Junior (CGU)– Suplente/ Conselho Deliberativo Débora Costa Roque (Ministério da Saúde) – Titular/ Conselho Fiscal Renata Simplício Xavier (Ministério da Educação) – Suplente/ Conselho Fiscal

Chapa 2 “Solidez, Transparência e Atitude” Daniel Pulino (AGU) – Titular/ Conselho Deliberativo – Recondução Ivan Jorge Bechara Filho (AGU) – Suplente/ Conselho Deliberativo Luz Milena Zea Fernández (UFRN) – Titular / Conselho Fiscal Danilo Barbosa Mendonça (MDS) – Suplente/ Conselho Fiscal

Comitê de Assessoramento Técnico do LegisPrev:

Chapa 3 “Legislativo Forte” Rodrigo de Andrade Moreira (Câmara dos Deputados) – Titular – Recondução Renon Pessoa Fonseca (Câmara dos Deputados) – Suplente – Recondução Wagner Costa Guimarães (Senado Federal) – Titular – Recondução Breno Santos Borba (Câmara dos Deputados) – Suplente

Comitê de Assessoramento Técnico do ExecPrev:

Chapa 4 “Gestão Transparente” Victor Pessanha Gonçalves (Banco Central) – Titular – Recondução Leandro de Oliveira Vicente (Ministério da Fazenda) – Suplente – Recondução Eric Lisboa Coda Dias (Ministério da Fazenda) – Titular Marcos Gesteira Costa (Ministério da Fazenda) – Suplente